Carnaval de Pesqueira 2015 – Programação Carnaval dos Caiporas

Ygor Carvalho - 2015-01-21 Atualizada - 29/01/2015 12h59

O Carnaval de Pesqueira em 2015 será realizada entre os dias 12 e 18 de fevereiro.

Com roupas coloridas e muita irreverência, as Cambindas Velhas animam com tambores há mais de 100 anos. Os caiporas desfilam tradicionalmente há mais de 50 anos durante o Carnaval de Pesqueira, e com maracatu e frevo o Lira da Tarde alegra os foliões.

A mistura de estilos musicais como frevo, axé, caboclinho, maracatu e samba são o grande diferencial do Carnaval de Pesqueira e fazem a festa levar o título de um dos melhores Carnavais de Pernambuco.

As inscrições para quem deseja participar como uma das atrações já foram encerradas. Em breve a programação completa será divulgada pela prefeitura.

Caiporas – Carnaval de Pesqueira

Foto: Fundarpe. Caiporas de Pesqueira

Foto: Fundarpe. Caiporas de Pesqueira

Um dos mais tradicionais blocos do carnaval de Pesqueira, símbolo da região, os Caiporas saem pelas ruas há mais de 50 anos. Inspirados na lenda de uma assombração que vivia na floresta e pregavam peças em moradores e caçadores, os Caiporas apareceram com o intuito de assustar as crianças da região, porém hoje é visto como um personagem fundamental da cultura local que anima as festas e colore as ruas.

Criado em 1962 por João Justino, o bloco dos Caiporas arrasta multidões com foliões de todas as idades vestidos com paletó, calça, gravata, camisa de manga longa e máscaras grandes feitas de estopa.

Os Caiporas costumam sair no domingo e terça de carnaval.

Confira Mais

Carnaval

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

  • NM

    Alguém sabe a programação do carnaval 2015, estou em João Pessoa ansioso esperando… vem logo carnaval. NM

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Recife e Interior de PE
04 Fev a 05 Fev

Cabine Fashion 2015

Parceiros em Pernambuco

Doutores da Alegria
NACC
Instituto Viva Historia Recife

Parceiros nacionais

Social Good Brasil
Seja um voluntário no Brasil
Revista Mensch. Imagem: Divulgação.