Programação Carnaval de Porto Alegre 2017

Bárbara Valdez - 10/11/2016 Atualizada - 03/12/2016 20h42

O Carnaval de Porto Alegre 2017 já anunciou as primeiras novidades e o calendário da festa já foi divulgado.

A programação carnavalesca de Porto Alegre divide-se em duas vertentes principais, as apresentações das escolas de samba e os blocos de rua.

Uma das novidades na programação do ano que vem é a alteração na data das festividades. Inicialmente, os desfiles estavam marcados para acontecer nos dias de carnaval, 25 a 28 de fevereiro. Porém, o desfile da Folia de Momo em Porto Alegre 2017 foi adiado para os dias 10, 11 e 12 de março.

O desfile do grupo Prata será no dia 10, e o grupo Ouro no dia 12 de março. De acordo com Rodrigo Costa, vice-presidente da Liespa – Liga Independente das Escolas de Samba de Porto Alegre -, a mudança já estava em discussão há cerca de alguns meses. O intuito na mudança é fazer depois das férias e feriados, para que as pessoas participem mais do evento. Ainda segundo o vice-presidente, o desfile do grupo Bronze também poderá sofrer alterações na data. As confirmações serão divulgadas nas próximas semanas.

Programação Calendário Carnaval de Porto Alegre 2017

Confira a programação completa já anunciada com as datas dos desfiles, preparativos e ensaios do Carnaval do próximo ano:

10 de julho de 2016: Lançamento Carnaval

15 de agosto de 2016: Início das gravações do CD 2017

23 a 25 setembro de 2016: 1º Acampamento do Samba

11, 12 e 13 de novembro de 2016: Mostra sambas enredo 2017

02 de dezembro de 2016: Descida da Borges, em comemoração ao Dia do Samba

09 e 10 de dezembro de 2016: Concurso Rainha

06 de janeiro de 2017: Abertura Oficial do Carnaval

A programação oficial será divulgada oficialmente em breve, devido a alteração das datas festivas.

História do Carnaval em Porto Alegre

A festa de massa em Porto Alegre iniciou-se com as classes mais pobres, as quais não podiam participar dos bailes de carnaval promovidos pela sociedade. Assim, essa grande população saia para comemorar nas ruas vestindo fantasias e a partir daí começam a surgir os chamados blocos de rua.

Outra característica típica do carnaval porto-alegrense eram as tribos carnavalescas, que representavam os índios da região.

Com o tempo, a festa de momo foi modificando-se na cidade e os desfiles de samba começaram a ganhar espaço ante as demais comemorações. Atualmente os desfiles no sambódromo Complexo Cultural do Porto Seco, contam com a participação de mais de 20 escolas, atraindo milhares de pessoas ao local para os dois dias de apresentação.

Além dos tradicionais desfiles no sambódromo, algumas escolas vão para as ruas relembrando as antigas festas realizadas nas avenidas. O encontro mais tradicional é a Descida da Borges, evento que reúne milhares de pessoas no Centro Histórico de Porto Alegre e onde escolas de samba apresentam-se antes dos desfiles oficiais.

Outro grande evento envolvendo o samba era a Muamba, um dos símbolos do carnaval gaúcho que surgiu como uma maneira de arrecadar dinheiro para as festas e as fantasias usadas no período oficial de momo. A comemoração seguia o mesmo estilo da Descida, porém era realizada sempre no fim de semana anterior ao carnaval e corria no próprio sambódromo. A partir de 2016, essa festa será substituída por dois dias de ensaios técnicos, feitos pelas escolas durante a semana prévia do carnaval.

Apesar da força do samba na região, a festa de rua ainda tem seu espaço e atrai muitos foliões. Alguns blocos conhecidos na cidade são: Carnavalesco Maria do Bairro, Do Jeito Que Tá Vai, Olha o Passarinho do Mário e Skafolia.

As tribos carnavalescas também continuam atuantes em Porto Alegre, porém diminuíram bastante, restando apenas duas entidades atualmente: os Comanches e os Guaianazes.

Confira como foi o Carnaval de Porto Alegre em 2016

A abertura do Carnaval de Porto Alegre 2016 aconteceu no dia 15 de janeiro, mais de duas semanas antes da programação oficial da maioria das cidades, que só iniciam a festa em fevereiro. A folia nas ruas propriamente dita só ocorreu, no entanto, no dia 23 com os desfiles dos blocos de rua. O “Panela do Samba” e “Do Jeito Que Tá Vai” atraíram milhares de pessoas para as ruas do bairro Cidade Baixa e fizeram a alegria do público.

A festa das escolas foi realizada no Complexo Porto Seco, uma espécie de sambódromo, durante 03 dias (05, 06 e 07 de fevereiro). Milhares de pessoas compareceram e os ingressos foram vendidos por valores a partir de R$5,00.

Em 2016, a Liga das Escolas de Samba de Porto Alegre anunciou que o período dos desfiles aumentou, passando para três dias de apresentações. Algumas escolas de samba conhecidas da cidade são: Bambas da Orgia, Imperadores do Samba e Embaixadores do Ritmo.

Os blocos foram a melhor opção para quem desejou sair nas ruas. No total foram 10 dias de programação entre 23 de janeiro e 12 de março. Os desfiles aconteceram no bairro Cidade Baixa e na Orla de Guaíba.

O horário de concentração variou todos os dias, porém o fim das apresentações aconteceu sempre por volta das 21:00, com o objetivo de dispersão do público 22:00, a pedido dos morados da Cidade Baixa.

Toda a programação dos blocos foi gratuita e milhares de moradores e turistas aproveitaram a folia.

 

Confira Mais

Carnaval

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Porto Alegre e Interior do RS

Parceiros nacionais

Seja um voluntário no Brasil
Revista Mensch. Imagem: Divulgação.
Saúde Criança - Parceiro Nacional.