Carnaval do Tibau 2017 RN – Programação

Bárbara Thamíres - 06/02/2017 Atualizada - 10/02/2017 18h03

Uma das folias mais famosas no Rio Grande do Norte está confirmada e promete ser um sucesso.

Carnaval de Tibau 2017 será realizado durante 4 dias e terá sua programação completa anunciada em breve.

Mesmo sem a confirmação de datas e nomes, a tendência é que o cantor Ricardo Chaves e a Banda Grafith façam parte da programação da festa de Carnaval, segundo a Secretaria de Turismo.

A Prefeitura deve liberar a programação com todas as atrações em breve, mas a festa está sendo organizada através de iniciativa privada. O apoio da Prefeitura de Tibau será apenas na parte de iluminação, limpeza e montagem.

A realização dos shows do Carnaval de Tibau em 2017 será na Arena, e quem pretende curtir a folia deve adquirir um abadá pelo valor de R$60,00.

Mais informações sobre a comemoração devem ser divulgadas nos próximos dias.

Todos os anos, a cidade litorânea conta com uma festa tradicional que atrai turistas e potiguares, e é considerada a melhor do Carnaval do litoral. Além de aproveitar as praias, os foliões curtem o forró elétrico, o frevo e o axé que tocam pelas ruas de Tibau.

No ano passado foram selecionadas 11 atrações que esquentaram o clima da folia. Cada dia contou com 3 apresentações, e entre os nomes selecionados para fazer parte da programação estavam Solteirões do Forró, Oito7Nove4, Chicabana, Banda Nanaê e Samyra Show.

A festa foi realizada no Candidu’s Beach, à beira mar.

 

Veja como foi a Programação de Carnaval Tibau 2016

Local: Candidu’s Beach.

06 de fevereiro

Chicabana

Solteiorões do Forró

Banda Nanaê

07 de fevereiro

Oito7Nove4

Banda Nanaê

Renata Falcão

08 de fevereiro

Jonas Esticado

Samyra Show

Ewerton Linhares

09 de fevereiro

Grafith

Aline & Dayvid

Giannini Alenca

Confira Mais

Carnaval

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Natal e Interior do RN

Parceiros nacionais

Seja um voluntário no Brasil
Revista Mensch. Imagem: Divulgação.
Social Good Brasil