Como se escreve Mal ou Mau? Diferença e Significado

Como se escreve Mal ou Mau? Diferença e Significado

Apenas um pequeno detalhe faz a diferença entre mau e mal. No entanto, já é o suficiente para gerar uma grande dúvida.

Mau e Mal são palavras homônimas, ou seja, possuem a mesma pronúncia, apesar de terem significados e grafias diferentes.  Isso talvez seja o motivo da grande confusão.

Mas não se preocupe: temos dicas muito simples que vão facilitar o melhor emprego dessas palavrinhas, e o “mau uso” da Língua Portuguesa vai acabar de vez. Confira!

Significado MAU

A palavra mau é um adjetivo, ou seja, serve para caracterizar um substantivo. Mau significa algo que não é de boa qualidade ou que expressa maldade.

Dica: quando surgir a dúvida na escrita da palavra mau, basta lembrar que ela é o antônimo da palavra bom

Veja os exemplos:

“Ele é um um tio mau e explora seus sobrinhos e sobrinhas nos trabalhos do apartamento.”

“É um mau percurso este que você pensa em seguir e podemos ficar em apuros se algo sair errado.”

“Seu modo de agir é mau e não há como seus amigos não ficarem irritados.”

“Seja um bom filho e você terá todo o respeito e admiração de seus pais e familiares.”

Como foi exemplificado, o adjetivo mau sempre vai se referir a alguma coisa ou a alguém, por isso ele deve variar em gênero e número, concordando com o substantivo a que se refere (mau/maus ou má/más).

“Os maus tempos começaram quando todos em Brasília decidiram não se importar com os interesses do povo.

A palavra mau concorda com “tempos”, por isso deve ficar no masculino e no plural.

“As más línguas querem destruir a reputação das pessoas por pura inveja.

A palavra mau concorda com “línguas”, por isso deve ficar no feminino e no plural.

Significado MAL

A palavra mal pode ter diversas funções numa frase. Como um substantivo, ela pode expressar uma calamidade, tormento ou uma doença:

“É preciso eliminar o mal em seu princípio, caso contrário ele irá comentar todos os corações bons.

“O mal de Alzheimer é um problema de saúde pública que acomete as sociedades mais envelhecidas”

“Ela não agiu por mal,  fez tudo com a melhor das intenções apesar da pouca experiência.”

Dica: deve-se sempre lembrar que o advérbio mal  é o oposto do advérbio bem, por isso substitua um pelo outro quando estiver na dúvida na hora de escrever.



Ela também é usada com muita frequência como um advérbio, isto é, dando um sentido complementar ao verbo ou a um adjetivo da frase. Diferentemente do adjetivo mau, o advérbio mal é invariável: não vai para o plural, nem muda para masculino ou feminino.

Veja os exemplos:

“Os alunos do Colégio Militar se esforçaram bastante, contudo foram mal na avaliação final.”

“Estudamos muito, inclusive nos reunimos em grupo várias vezes, mas não fomos muito bem no teste.”

“A empresa vendeu mui bem superando todas as expectativas de seus acionistas.”

“Ele disse que era um chefe de cozinha exemplar, mas a refeição que preparou ficou muito mal feita.”

“O projeto de cinema criado para o novo Shopping Rio Mar ficou muito bem feito.”

RESUMINDO: Antes de escrever mau ou mal, use os seus respectivos antônimos bom e bem na frase. Se a palavra bom for adequada, o adjetivo MAU deve ser usado. Agora se a palavra bem for a correta, use o advérbio MAL.

Veja outros exemplos mais usados com as palavras MAU e MAL:

“As crianças acordaram de mau humor hoje.” X “As crianças acordaram mal humoradas hoje.”

“Ele é um mau jogador.” X “Ele joga mal.”

“A garota tem uma educação” X “A garota é mal educada.”

“Tivemos um mau entendimento.” X “Tivemos um mal entendido”