Biografia Michael Schumacher – Conquistas como piloto

Bárbara Thamíres - 13/06/2016 Atualizada - 27/06/2016 4h22

Michael Schumacher, foi e ainda é reconhecido como um dos maiores competidores do automobilismo e, segundo o próprio site da Fórmula 1, o alemão é um dos maiores da história da principal categoria.

Nascido em janeiro de 1969, iniciou sua paixão pelo esporte quando ainda era criança e aos 4 anos recebeu seu primeiro kart. A carreira profissional foi iniciada aos 22 anos, mas aos 14 já participava de competições. Outro sonho de Schumacher era ser um jogador de futebol.

Entre as principais conquistas do competidor estão seus números recordes. Schumi, como também é chamado, é um dos pilotos com maior número de campeonatos, com as voltas mais rápidas, com o maior número de vitórias e corridas ganhas dentro de uma única temporada, pole positions, entre outros.

Desde a estreia nas pistas o piloto chamava cada vez mais atenção. Em 1991 correu com Nélson Piquet na Benneton e logo depois, em 1992 e 1993 começou a ser reconhecido como um dos grandes pilotos da Fórmula, brigando no mesmo nível de Alain Prost e Ayrton Senna.

Em 1994 foi suspenso de duas corridas devido a polêmica sobre irregularidades nos carros da Benneton. Mesmo com a penalidade, Schumacher consegui fazer uma das suas melhores corridas e exibições no Grande Prêmio da Espanha, quando fez mais da metade do percurso em quinta marcha. Uma nova polêmica surgiu durante a última corrida do campeonato quando foi com o carro para cima de Damon Hill.

No ano de 1995 ele conseguiu anular o favoritismo das Couthard e Williams de Hill com uma pilotagem e corrida constante e rápida. No mesmo ano, Michael Schumacher passou para Ferrari, após a aceitação dos termos por parte da equipe italiana.

Piloto Michael Schumacher. Foto: Divulgação/Site Michael Schumacher(www.michael-schumacher.de/en)

Piloto Michael Schumacher. Foto: Divulgação/Site Michael Schumacher(www.michael-schumacher.de/en)

Em 1996 o foco era retirar o “jejum de títulos da Ferrari”, quando foi com toda a equipe técnica para Maranello. O ano foi marcado por 3 vitórias e uma delas aconteceu no GP da Espanha.

Em 1997, mesmo com a fama e o grande crescimento da Ferrari, as Williams ainda eram as favoritas. Neste ano Schumacher competiu praticamente de igual para igual com Jaques Villeneuve e foi envolvido em mais uma polêmica, desta vez por avançar com o carro em direção do canadense. Como punição, o piloto alemão foi suspenso do vice campeonato.

As polêmicas que aconteceram até 2000 fizeram com que o piloto ganhasse a fama de “Dick Vigarista”, porém ele conseguiu apagar o título com 5 conquistas em sequência e de forma limpa. No mesmo período, Schumacher foi considerado um fenômeno por bater os recordes da Fórmula 1.

Uma das melhores temporadas do piloto foi realiza em 2006, quando conseguiu realizar ótimas ultrapassagens no Grande Premio do Brasil. Porém, neste ano foi envolvido em uma nova polêmica por tentar evitar que o piloto espanhol Fernando Alonso conquistasse a pole da corrida, parando seu carro no meio da pista. O ano de 2006 também foi um ano marcado como a despedida do competidor.

Michael Schumacher retornaria às pistas com 41 anos, em 2010, porém se aposentou definitivamente em 2011.

No final de 2013, o piloto alemão foi vítima de um acidente de esqui, na França.

Confira uma lista de algumas das conquistas de Michael Schumacher:

1984 – Campeão alemão júnior de kart

1985 – Campeão alemão júnior de kart

1987 – Campeão europeu de kart

1988 – Campeão alemão da Fórmula Konig

1990 – Campeão no alemão de Fórmula 3

1994 – Campeão mundial de F-1 pela Benetton

1995 – Bicampeão mundial de F-1, pela Benetton

2000 – Tricampeão mundial de F-1

2001 – Tetracampeão mundial da F-1

2002 – Pentacampeão mundial da F-1

2003 – Hexacampeão mundial da F-1

2004 – Heptacampeão mundial da F-1

Confira um vídeo sobre a história de Michael Schumacher:

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários