MEC cria novas regras para nota do Enem 2016

Vinícius Brito - 10/01/2017 Atualizada - 11/01/2017 20h39

Estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio 2016 contarão com uma novidade a partir de janeiro deste ano.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou este mês uma portaria que flexibiliza o uso da nota do exame pelas instituições participantes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

A alteração, publicada no dia 05 de janeiro, afeta o acesso aos cursos de graduação e modifica as regras quanto às opções de peso e notas de corte no Enem.

O edital possibilita que as instituições de ensino superior do Sisu exijam dos candidatos uma média mínima referente à média geral de todas as provas ou ainda uma nota mínima por prova. A universidade poderá, ainda, aplicar um terceiro processo seletivo, usando as duas possibilidades (nota mínima geral e nota mínima por prova).

Outra possibilita do edital diz respeito a cursos de graduação oferecidos em mais de um turno, nos quais pesos e notas individuais poderão classificar os estudantes.

Saiba tudo sobre o resultado da prova do Enem 2016

Secretário de Educação Superior do MEC, Paulo Barone diz que a portaria beneficia o processo de seleção. “Um curso de medicina pode requerer um peso maior para conferir mais seletividade para a ciência das naturezas e um curso de engenharia para a área de matemática e suas tecnologias e, assim, sucessivamente”, fala o secretário.

O ministério considera, por fim, que a nova legislação afetará positivamente o desempenho de estudantes com nota para entrar em uma faculdade, mas que por causa de uma prova específica, não conseguiriam se classificar.

Além desse edital, o inciso VIII ao artigo 8º foi modificado para deixar claro que as instituições que participam do Sisu são as únicas competentes para responder a decisões judiciais a respeito da ocupação das vagas.

Até o momento, o calendário de inscrições no Sisu ainda não foi liberado. Mas o resultado final do Enem será divulgado no dia 19 de janeiro, no site do exame.

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários