5 motivos para fazer o Enem 2017

Vinícius B. - 18/07/2017 Atualizada - 18/07/2017 11h11

O Exame Nacional do Ensino Médio, ou simplesmente Enem 2017, é uma das maiores provas de seleção do mundo e terá novidades no uso da nota este ano.

Ao todo, 6,7 milhões de pessoas se inscreveram para o Enem 2017, que será realizado pela primeira vez em dois domingos seguidos, em 05 e 12 de novembro.

A ordem das provas foi alterada, no primeiro dia, serão realizadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e a Redação. No segundo domingo, será a vez das provas de Matemática e Ciências da Natureza. Confira abaixo 5 motivos para fazer o Enem 2017.

1- Facilidade na hora da inscrição

As incrições para o Enem 2017 já estão encerradas, mas o estudante conseguiu fazer o cadastro através do endereço www.enem.inep.gov.br/participante, de forma rápida e prática. Estudantes de escola pública fazem a prova gratuitamente.

Para quem não conseguiu a isenção, foi necessário pagar um boleto no valor de R$ 82. Ao todo, 6,7 milhões de pessoas se inscreveram no Enem este ano, mas o número ainda é menor do que em 2016, quando chegou a 8,6 milhões, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova.

2- Bolsas parciais e integrais

O Enem 2017 é a melhor forma para ter direito a programas do governo federal como o ProUni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), que possibilitam ao aluno ganhar bolsas parciais ou integrais em universidades e instituições privadas.

Este ano, o exame deixa apenas de valer como certificação para o ensino médio. O O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) passará a ter essa finalidade.

Fique por dentro de todas as novidades do Enem 2017

3- Preparar-se em plataforma online

O Ministério da Educação lançou no último ano a plataforma A Hora do Enem, cujo objetivo é ajudar na preparação do estudante para a prova do Enem. Ao fazer o cadastro no site, é possível ter acesso ao conteúdo que vai cair no exame, seja em forma de simulados, aulas ao vivo ou vídeos.

Além da versão virtual, o aluno pode acompanhar o programa homônimo que vai ao ar nas TVs universitárias normalmente de segunda a sexta-feira, a partir das 18h. Saiba mais sobre o sistema d’A Hora do Enem nesta página.

4- Segurança na hora da prova

Uma das novidades previstas para o exame este ano deve aumentar a segurança do aluno, pois os cadernos de prova e os cartões resposta passarão a ser personalizados com o número e o nome dos inscritos na capa. Ao todo, serão quatro cadernos com cores distintas, como nos outros anos. Ainda não há mais informações sobre a tecnologia a ser usada este ano para deter fraudes.

5- Estudar fora do Brasil

A nota do Enem pode ser usada por brasileiros que querem estudar em universidades e institutos portugueses. Desde 2014, estudantes já podem conseguir uma vaga nas instituições portuguesas a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio e, no último ano, 18 instituições de ensino superior de Portugal já selecionavam alunos pelo Enem. Confira a lista com universidades e institutos politécnicos portugueses que aceitam o Enem 2017.

Confira Mais

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Brasília e Distrito Federal

Parceiros nacionais

Seja um voluntário no Brasil
Social Good Brasil
Revista Mensch. Imagem: Divulgação.