Réveillon Copacabana e Rio de Janeiro 2017 – Programação Ano Novo RJ

Ygor Sarkis - 29/12/2016 Atualizada - 29/12/2016 2h08

Réveillon de Copacabana é a maior festa de Ano Novo, não só do Rio de Janeiro, mas de todo o Brasil. No ano passado, o Réveillon do Rio de Janeiro atraiu cerca de dois milhões de pessoas e recebeu turistas estrangeiros e de várias partes do país.

O Réveillon de Copacabana 2017 está enfrentando problemas em sua realização. Com a falta de patrocinadores para dividir os custos, a prefeitura já informou que tomará algumas medidas para reduzir os gastos com a comemoração.

O secretário de Turismo da cidade do Rio, Antônio Pedro Figueira de Mello, afirmou que, o formato deste ano será menor se comparado aos anos anteriores. Serão menos atrações e a queima de fogos, que é o grande espetáculo da virada, “continuará sendo grandiosa”, mas terá seu tempo de duração reduzido de 16 para 12 minutos.

Para mais informações sobre a infraestrutura do evento e transporte público, acesse aqui.

Além de Copacabana, o Réveillon do Rio de Janeiro 2017 acontecerá em mais 9 bairros. Confira a seguir as programações.

Programação do Réveillon Copacabana 2017

As atrações já confirmadas para a festa de Réveillon na Praia de Copacabana em 2017:

– Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo

– Léo Jaime

– Alex Cohen

As baterias da Unidos da Tijuca e Mangueira farão o encerramento do réveillon.

CONFIRA TAMBÉM: novidades do Carnaval no Rio de Janeiro 2017.

Programação em outros Bairros do Rio de Janeiro:

As programações nos demais bairros deve começar por volta das 19h30.

Na Praia da Barra da Tijuca, deve contar com queima de focos com duração de 12 minutos.

No Parque Madureira, a programação terá Velha Guarda da Império Serrano, DJ Michel, Naldo Benny e Escola de Samba Portela no encerramento.

No bairro do Flamengo será montado um palco na rua Dois de Dezembro, que receberá shows de Luiz Kiari, Vtrix, São Clemente e Salgueiro.

Na praia da Bica, Ilha do Governador, se apresentam DJ PH, Bruno Maia, Intimistas, Imagina Samba e União da Ilha.

No Piscinão de Ramos, haverá apresentações principalmente de funk e pagode. As atrações são DJ Érick, MCs do funk, Bonde do Vinho e Ferrugem. As escolas de samba Beija-Flor e Grande Rio também participam do evento.

No IAPI da Penha, haverá queima de fogos e na programação: DJ Café, Beleléu, Banda Holograma e Clareou. Quem faz o encerramento é a bateria da escola de samba Imperatriz.

Na Ilha de Paquetá, praia da Moreninha, as atrações serão DJ Beto Mancha, Claudio Zolli, Swing & Simpatia e Paraíso do Tuiuti.

Em Sepetiba, praia do Recôncavo, será montado um paco para receber DJ Alex Correia, Coisa Séria, Chininha e Príncipe, Jonathan Alexandre e a escola de samba Mocidade Independente.

Em Pedra de Guaratiba, na rua Barros de Alarcão, a programação receberá DJ Moisés Junior, Pura Amizade, Alex Cohen e Tá na Mente. O encerramento será feito pela Vila Isabel.

Mais Festas de Réveillon no Rio de Janeiro 2017

Além da grande festa gratuita realizada no Réveillon de Copacabana, há ainda festas particulares que acontecem em várias partes da capital e também no interior do estado. Acesse nos links abaixo as principais:

Festas Particulares do Réveillon no Rio de Janeiro

Festas Públicas e Particulares de Réveillon interior do estado

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

  • Ygor Sarkis

    O Reveillon do Rio de Janeiro em 2015 é realmente um espetáculo incrível. A cada ano o show pirotécnico é uma coisa de cinema! Meu sonho é conhecer o Reveillon de Copacabana! O Carioca realmente é um privilegiado! A marca deste ano ficou versátil e linda.

    Parabéns aos organizadores.

    • Marco Souza

      Bom pra quem assiste das janelas dos apartamentos na Avenida Atlantica, dos hotéis a beira mar que cobram diárias a peso de ouro ou a bordo dos transatlânticos que ficam ancorados próximo à praia. No mais é uma horda de turistas locais e estrangeiros misturados a todo tipo de gente amontoados com locomoção limitada e até arriscado com tantos ladrões, pivetes, drogados e outros. Já foi uma festa maravilhosa, quando a festa não tinha a visibilidade que tem, antes da Rede Globo, a Prefeitura do Rio e os hotéis transformarem em algo comercial que atrai mais de DOIS MILHÕES de pessoas.

    • Leonardo Lopes

      A magia acaba quando é você que ta la no meio de milhões de pessoas num ambiente nem um pouco confortavel, arriscado de violência e somente ouvindo um pagodezinho horrível. Sem contar com a dificuldade de locomoção na hora da volta pra casa. falta de transporte, assalto, brigas…

  • AnaPaula Miguel

    faltou o do castelo de Itaipava que será incrível, favor incluir

  • Marcia Raphael

    Por que será que Sepetiba só fica com as sobras? Artistas que ninguém conhece, somos tão desmerecedores assim? Pagamos os mesmos valores de impostos, tbm somos consumidores, pagamos taxas igualmente. Lamentável.

  • Jhonny Santana

    Queremos, Alinne Rosa ex vocalista da Banda Cheiro de Amor, no Reveillon do Rio de Janeiro.

  • George Kopsch

    o Reveillon de 2014 foi melhor que o de 2015, principalmente no que toca a queima de fogos. A de 2014 foi mais grandiosa.

  • Rafael Souza

    Tenho 4 ingressos para o quiosque da Brahma All Inclusive!!! De R$ 540,00 por 460,00 !!!

  • Luís Vianna

    Esse ano não deveria ter nada. O que que vcs querem comemorar? Tem motivos para isso? Citem pelo menos 1, vcs tão vivendo onde?

    • RTE_Rio

      As pessoas precisam trabalhar, o dinheiro precisa girar! Sem réveillon, sem turistas, sem projeção financeira…..
      Reflita, tenha uma visão periférica das coisas e não uma visão monocular!

      • Tatiane Souza Silva

        Concordo!

    • Anonimo

      Tá falando isso pq vc não vai poder sair de casa , só lamento partiu copa

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Rio de Janeiro e Interior do RJ
28 abr a 1 mai

Villa Mix Weekend 2017

Parceiros nacionais

Saúde Criança - Parceiro Nacional.
Social Good Brasil
Revista Mensch. Imagem: Divulgação.