Cantor Wesley Safadão grava novo DVD em Fortaleza

Vinícius Brito - 29/06/2016 Atualizada - 11/09/2016 15h25

O São João não foi apenas de polêmica para o cantor Wesley Safadão, que anunciou os primeiros detalhes sobre o mais novo trabalho, um DVD que será gravado na capital do Ceará, Fortaleza, em julho.

Depois de se apresentar no circuito de shows juninos da cidade de Limoeiro, no estado de Pernambuco, o cantor afirmou que o DVD será intimista e repleto de músicas inéditas.

“Já tenho mais de 20 músicas prontas. Quero cantar e lançar de forma especial”, explicou o motivo pelo qual vai registrar o material em vídeo e não apenas em CD.

O artista contou que a ideia original era gravar as imagens no Sudeste do país. “Nós iríamos gravar em Belo Horizonte. Acabamos modificando o projeto e decidimos gravar em Fortaleza”, disse em entrevista ao Diario de Pernambuco. Mas para o alívio dos fãs, o cantor promete: “tudo que a gente faz tem que ter muito carinho e cuidado”.

Com turnê pelo Brasil, a agenda de shows de Wesley Safadão foi disputada neste mês de junho, em que fez dobradinha, apenas no dia 25, nos festejos de Caruaru (PE) e Campina Grande (PB), onde ocorrem as maiores festas de São João no país.

O último DVD do intérprete de músicas como “Camarote” e “A dama e o vagabundo” foi gravado em Brasília, em 2015, e acompanhou um CD. Ainda na discografia do cearense estão os álbuns “Paradise” (já lançado em carreira solo), “Uma nova história”, “Forró na balada” e outros cinco volumes com a Banda Garota Safada, comercializados de 2003 a 2007.

A assessoria de comunicação de Wesley Safadão ainda não divulgou detalhes sobre a data e o local de gravação do novo projeto do forrozeiro. Ainda não é possível conferir as apresentações de Safadão para o mês de julho, no site oficial dele.

Polêmica

Na programação do São João de Caruaru, Wesley Safadão cobrou o valor de R$ 575 mil para se apresentar na cidade. A polêmica começou quando um grupo de advogados decidiu questionar na justiça o vultuoso valor. Em contrapartida, o forrozeiro teria cobrado R$ 195 mil para fazer uma apresentação no mesmo dia em Campina Grande.

No dia 22 de junho, o juiz José Fernando Santos de Souza deferiu, em liminar, a suspensão do show do cantor na Capital do Forró. Mas a decisão foi desautorizada pelo desembargador José Viana Ulisses, a pedido da Prefeitura Municipal, que voltou atrás e manteve a apresentação de Wesley.

No dia do show (25/06), Safadão prometeu que iria doar o cachê para instituições filantrópicas caruaruenses. A prefeitura local, no entanto, decidiu anular o pagamento de R$ 575 mil ao artista no dia 27 de junho, dois dias após a apresentação dele no Pátio do Forró. “Em Caruaru eu toco até de graça. O que eu não quero é ficar de fora desta festa”, declarou ele no show do dia 25.

Confira Mais

Wesley Safadão

Informar erro ou desatualização

Não encontrou o que queria ou identificou erros?

Comentários

Eventos em Destaque

  • Nacional
  • Fortaleza e Interior de CE

Parceiros nacionais

Saúde Criança - Parceiro Nacional.
Social Good Brasil
Seja um voluntário no Brasil